Imagem capa - Valentine’s day, amor e fotografia por Julie Campanholi
Artigos

Valentine’s day, amor e fotografia

Dia 14 de fevereiro é o Valentine’s Day. Estou compartilhando conteúdo sobre a data lá no meu Instagram, e então decidi escrever um artigo inteiro dedicado a esse tema tão especial.


Por que é comemorado o Valentine’s Day em todo o mundo? 

A história por trás do Valentine’s Day é muito bonita e inspiradora. A tradução do nome do feriado é Dia de São Valentim. São Valentim foi um padre romano no século 3, que foi declarado santo no século 5 pelo Papa Gelásio. 

Na época, o imperador de Roma decidiu proibir o casamento pois entendia a união do homem e da mulher como empecilho para que os homens lutassem nas guerras. Muitos se negavam a lutar para não abandonar suas esposas e família, e por isso o matrimônio foi proibido. 

Crente no amor, e entendendo que o matrimônio faz parte dos planos de Deus e dá sentido à vida, o padre Valentim continuou celebrando casamentos às escondidas. Quando descoberto, foi preso e condenado à morte. 

Segundo os relatos, durante seu tempo confinado os moradores da cidade enviavam cartas e flores para o padre em agradecimento. 

Diz a história que nesse período o padre se apaixonou pela filha do carcereiro e, no dia da sua execução, entregou uma carta com a seguinte assinatura no final: “do seu Valentim”. Desde então, “ser seu valentim” virou sinônimo de “ser seu namorado” na cultura romana. 

Essa história explica o porque que o Dia de São Valentim não é como o dia dos namorados, e sim um dia de celebração do amor e do próprio matrimônio. 



Qual a diferença do Valentine’s Day para o nosso Dia dos Namorados?


Nós comemoramos o Dia dos Namorados no dia 12 de junho. A data surgiu apenas em 1948, em São Paulo, e foi se espalhando aos poucos pelo país. A data antecede o Dia de Santo Antônio, o santo católico casamenteiro, e foi escolhida justamente por isso. 

Mas a data não existe por esse motivo. A verdade por trás da data nem é tão romântica assim. Resumindo, um publicitário paulista criou a data para aumentar as vendas na loja do cliente. 

O nosso Dia dos Namorados é literalmente uma data para presentear o namorado e a namorada e comemorar o relacionamento. Muitos casados também comemoram com a explicação de que  “são eternos namorados”, mas a verdade é que a data é voltada para os namorados mesmo. 

Sendo assim, sua maior diferença para o Dia de São Valentim, além de sua origem nada romântica, é a sua celebração de que se dá para os namorados, e não para o amor em si. 





O casal como centro da família

Ao falarmos de amor, também falamos de família. Como São Valentim dizia, o matrimônio dá sentido à vida e é o centro da existência humana. Mas, sabemos que, infelizmente, a rotina de trabalho e até mesmo as atividades de seus novos papeis como pais faz com que os casais acabem se afastando da sua essência. 

O dia de São Valentim vem para nos lembrar de que o amor que uniu duas pessoas não pode ser esquecido perante o caos da vida moderna e as dificuldades familiares. As mulheres que se tornam mães não devem esquecer de seus papéis como esposas, e os homens que são pais também não devem se esquecer de suas obrigações como esposos. É preciso dar manutenção ao companheirismo, amizade, amor, desejo, respeito e tudo mais que envolve uma relação saudável. 

É sempre bom lembrar que, quando o casal se vê como centro da família e não os filhos, eles se tornam mais fortes para criar seus frutos e dão melhores exemplos de relacionamentos. 



O papel da fotografia na celebração do amor

Defendo para o mundo que a fotografia é muito mais do que congelar momentos. Eu vivencio diariamente o brilho nos olhos acender durante ensaios de família onde todos se abraçam, brincam, expressam seus sentimentos e passam por 1 ou 2 horas se observando, interagindo sem interferências. 

A fotografia tem o poder de reativar sentimentos, fazer refletir, fazer amar. Muitas famílias já descobriram isso e colocaram na sua agenda pelo menos 1 ensaio de família anual, para poder acompanhar o crescimento, desenvolvimento e mudanças da família ano após ano.