Imagem capa - Educação em casa | como manter os estudos dos filhos em tempos de isolamento? por Julie Campanholi
Para mamãesArtigos

Educação em casa | como manter os estudos dos filhos em tempos de isolamento?

#ficaemcasa


A hashtag que tomou conta das redes sociais em todo o mundo não é apenas um hype digital, é um pedido da Organização Mundial da Saúde, do Ministério da Saúde e das secretarias da saúde dos estados e cidades. Com essa mudança radical no nosso modo de viver o dia a dia, toda a rotina mudou, para todos.

Mesmo também estando em casa e tendo pausado meus trabalhos, estou super conectada virtualmente com meus clientes e seguidores. Mães e pais compartilhando suas rotinas novas e malucas nos stories, trocando figurinhas, pedindo conselhos, fazendo desabafos. E as crianças, cheias de energia e privadas de ir gastar do lado de fora da casa, também estão sofrendo. 

As aulas foram suspensas, férias adiantadas ou aulas adaptadas para o EAD, tudo para as crianças e jovens poderem ficar em casa. Os pais, em sua maioria, está fazendo home office ou foram afastados. Ou seja, também estão em casa. 

Para as crianças que estudam em escolas que optaram por adaptar o ensino para a internet, e assim não pausar as aulas, o desafio dos pais se torna ainda maior. 

A pergunta que não quer calar: Como adaptar a rotina e ainda manter o estudo dos filhos em casa?

Fiz minha “lição de casa” e reuni nesse artigo um montão de dicas para os pais que precisam conciliar seus home offices e o EAD das crianças. Mas assim como pra vocês, é difícil fazer a lição de casa sem a orientação de um professor. Por isso conversei com a Marilia Nogueira, pedagoga e especialista em educação inclusiva que tem um perfil incrível no Instagram, o ReAprender para Incluir.


1 - Tenha como base a rotina que já existia

O caminho mais fácil para essa adaptação da rotina é manter a base da antiga. Mantenha o despertador no mesmo horário de antes, tome café no mesmo horário, trabalhe pelo mesmo período que você trabalharia se fosse ir até a empresa e faça com que as crianças estudem pelo mesmo tempo que estudariam se estivessem na escola. 

Encontrei uma ferramenta muito bacana para você criar a rotina das crianças de forma bem direta e ilustrativa, para imprimir e colocar na parede para ser seguida. Clique aqui para acessar a ferramenta e criar a rotina ideal. 


2 - Separe os ambientes

Já que ninguém vai sair de casa, o ideal é que tanto os pais como as crianças tenham um ambiente fixo para fazer suas atividades de trabalho e escola. Improvise um cantinho do estudo, que seja longe dos brinquedos ou da cama. Incentive a criança a preparar a mochila como se estivesse indo para a escola, e leve tudo para esse cantinho. 


3 - Envolva as crianças nas decisões

Com as crianças passando mais tempo em casa, é importante aproveitar a situação para desenvolver a autonomia dos pequenos. Conversar com eles como se fossem “gente grande”, perguntar o que eles querem e envolvê-los nas decisões auxilia no seu autodesenvolvimento, entendimento das situações e até incentiva eles a obedecer as novas regras (já que eles ajudaram a criá-las). 


4 - Envolva as crianças nas tarefas domésticas

As aulas EAD podem não ter a mesma duração do que se fossem presenciais e, por isso, as crianças podem ter mais tempo ocioso. Outro ponto é que todos passando mais tempo em casa, as tarefas domésticas aumentam e o tempo dos pais diminuem, além de muitas famílias terem que dispensar as diaristas e domésticas.

Somando todos esses fatos, o ideal é que os pais passem algumas responsabilidades para os filhos, como arrumar a cama e os brinquedos, ajudar a tirar pó dos móveis, colocar as coisas no lugar, etc. Nesse momento, é importante ajudá-los a desenvolver a empatia e preocupação coletiva.


5 - Participe da educação deles

As escolas estão adaptando seus estudos para EAD, usando novas plataformas e ferramentas digitais. Os pais precisam entender os novos formatos para ajudar as crianças ou mesmo para poder monitorar os estudos. É natural que as crianças se desinteresse pelos estudos diante de tantas mudanças, então é essencial que os pais participem e cobrem, assistam aulas,  façam atividades juntos, vejam as anotações e converse com os professores e coordenadores das escolas. 


6 - Faça atividades em família nos finais de semana

A rotina vai se tornar mais pesada, sem dúvida. Os dias mais longos e as tarefas mais exaustivas. Mas não se esqueçam que as crianças continuam sendo crianças, e mesmo com tantas mudanças a união familiar precisa prosperar. Dedique mais tempo para elaborar atividades nos finais de semana, brinque com eles, acampe, faça sessão cinema, cozinhem juntos, pintem, decorem a casa, façam mini hortas em vasinhos. Enfim, se curtam e aproveitem o amor que existem em suas casas, pois #tudovaificarbem.