16/12/2021 às 11:47 Artigos

Os significados por trás dos símbolos de Natal 

12
3min de leitura

Celebramos, durante o Natal, a chegada do menino Jesus ao nosso mundo. E como toda celebração, existem diversas imagens, símbolos, objetos e histórias que fazem com que essa comemoração se torne o que é.

Mas você sabia que, apesar de ser uma data cristã e de significado religioso, nem todos os símbolos representam a história da chegada de Jesus segundo a Bíblia Sagrada? Na verdade, o que temos hoje como Natal, principalmente em suas tradições e decoração, é um conjunto de crenças e culturas de todo o mundo.

A JCF e a Upendi acreditam que isso torna o Natal ainda mais especial: a junção de várias formas de demonstrar amor, gentileza, gratidão e todos sentimentos bons que podemos sentir <3 

Vamos conhecer os significados dos principais símbolos natalinos?

Árvore de Natal 

Temos três possíveis origens da escolha de uma árvore, em especial o pinheiro, como representação mais forte da data. 

A mais antiga delas retrata o pinheiro como uma árvore sagrada para civilizações muito antigas e, por isso, foi adotada como símbolo no nascimento de cristo.

A mais aceita é do hemisfério norte da Europa onde, durante o inverno, a única espécie de árvore que permanece com suas folhas é o pinheiro, representando assim esperança.

A terceira, que possui mais relatos e acaba sendo uma junção das primeiras, conta que São Bonifácio, monge beneditino em Turíngia, na Alemanha, não aceitava a crença pagã sobre a árvore e o pinheiro mas que, numa tentativa falha de cortar um pinheiro em um monte em sua cidadela, decidiu ressignificar a crença e adaptar para a história católica-cristã.

Enfeites na árvore de Natal

Tradição de origem pagã, enfeitar a árvore no solstício de inverno (noite mais longa e fria do ano) tem um significado lindo. Acreditava-se que, para sobreviver à essa noite fria e longa, era preciso se conectar com a natureza e reverenciá-la. Por isso, além de enfeitar a maior árvore que houvesse no vilarejo, os pagãos festejavam e exerciam a gratidão até o amanhecer. 

Estrela

A estrela que colocamos no alto da árvore e também em outros enfeites tem origem na religião cristã: representa a Estrela de Belém, que conduziu os três reis magos até o local que o menino Jesus estava a nascer. 

Sino

Também utilizamos os sinos nas árvores, guirlandas e em toda decoração natalina. Esse símbolo representa o início de um grande acontecimento, isso porque, até hoje, as igrejas católicas utilizam o tocar dos sinos para convidar os fiéis a se reunirem. 

Papai Noel

A origem do Papai Noel, com sua barba branquinha, barrigão, roupas vermelhas e o um saco recheado de mimos, deslocando-se pelo mundo com um trenó puxado por renas, é atribuída à cultura nórdica. Segundo a história, Odin, o maior dos deuses, entregava presentes para as pessoas durante o Yule, festival que ocorre durante o solstício de inverno.

Esse foi o evento crucial para que a igreja determinasse 25 de dezembro a data para comemorar o nascimento de cristo: foi uma forma de substituir essa celebração já existente entre os povos antigos.

E para não deslocar a imagem do bom velhinho, a igreja apresentou aos fiéis a história real de São Nicolau, bispo turco da igreja católico conhecido por sua bondade. Vindo de uma família rica, Nicolau usava sua herança para distribuir presentes entre os desfavorecidos, sobretudo crianças órfãs.

16 Dez 2021

Os significados por trás dos símbolos de Natal 

Comentar
Facebook
WhatsApp
LinkedIn
Twitter
Copiar URL

Tags

natal significados do natal simbolos de natal

Quem viu também curtiu

16 de Abr de 2020

10 livros para pais de primeira viagem… ou não

22 de Mai de 2020

TENHO QUE ADIAR A FESTA, E AGORA? 6 FORMAS DE COMEMORAR ANIVERSÁRIO DURANTE O ISOLAMENTO SOCIAL

20 de Mar de 2020

A importância de brincar | Dia Mundial da Infância

Oii! Vamos conversar?
Logo do Whatsapp